• Admin

Japão declara estado de emergência em todo o país



O governo japonês expandiu o estado de emergência do surto de coronavírus para todo o país. A medida permanecerá em vigor até 6 de maio. A força-tarefa do governo contra coronavírus se reuniu no escritório do primeiro-ministro na quinta-feira. O primeiro ministro Abe Shinzo disse que o vírus está se espalhando em seis prefeituras: Hokkaido, Ibaraki, Ishikawa, Gifu, Aichi e Kyoto, na mesma extensão que nas sete prefeituras onde o estado de emergência se aplicava originalmente. Os sete são Tóquio, Kanagawa, Saitama, Chiba, Osaka, Hyogo e Fukuoka. Abe disse que o número de infecções vem crescendo não apenas nas 13 prefeituras, mas também em outros lugares. O primeiro-ministro disse que o governo decidiu expandir o estado de emergência em todo o país para conter surtos em áreas locais e minimizar o êxodo das pessoas, principalmente durante o período de férias que se estende do final de abril ao início de maio. Ele pediu às províncias que incentivem os moradores a se absterem de passeios não essenciais para ajudar a conter o vírus. Abe também pediu às pessoas que reduzam o contato diário de pessoa a pessoa em pelo menos 70%, ou preferencialmente 80%, para permitir que o estado de emergência seja levantado conforme programado atualmente. O primeiro-ministro disse que o governo incluiu em seu pacote econômico uma quantia em dinheiro de 300.000 ienes, ou cerca de 2.800 dólares, por família para famílias cuja renda caiu significativamente. Mas Abe disse que agora acha que o governo deve ampliar a ajuda e pedirá aos partidos no poder que mantenham discussões para fornecer 100.000 ienes a todas as pessoas no país, em lugar do pagamento de 300.000 ienes. O primeiro-ministro explicou que isso ocorre porque todos no país deverão viver sob várias restrições, como evitar passeios não essenciais. Fonte: NHK World

741 visualizações

Empresas Parceiras

© 2018 - Emprego Japão  - © Todos os Direitos Reservados a  有限会社ニュービジネス